Criação de Bovinos para Corte - Publicada em: 21/06/2013

  • 1 - APRESENTAÇÃO DO NEGÓCIO
  • 2 - FICHA TÉCNICA DA ATIVIDADE
  • 3 - SUMÁRIO EXECUTIVO
    Geral:
    A pecuária de corte está entre as principais criações brasileiras, sendo grande responsável pelo fornecimento de proteína de origem animal para o ser humano, em conjunto com aves, suínos e peixes. Em conjunto com a bovinocultura de leite, o valor bruto da produção do segmento é estimado em R$ 67 bilhões por ano.
    A pecuária de corte é encontrada em todo território nacional, e sua produção é baseada em vários níveis tecnológicos e, consequentemente, em diferentes níveis de produtividade. Diante disso, a maior demanda por alimentos durante e após a Copa do Mundo da FIFA 2014 e a abertura de novos mercados internacionais criarão oportunidades para aumentar a produção e produtividade da carne bovina no Brasil. Estima-se que, só com a Copa do Mundo da FIFA 2014, a economia do país terá um incremento de R$ 183 bilhões até 2019.
    Tendências e Oportunidades:
    • Economia e segmento em expansão: Os grandes eventos esportivos, Copa do Mundo da FIFA 2014 e as Olimpíadas de 2016, atrairão um fluxo considerável de turistas antes, durante e depois da realização dos grandes eventos. De acordo com estimativas do Ministério do Turismo, até as Olimpíadas o número de turistas estrangeiros no Brasil deve chegar a 10 milhões ao ano, número bem superior ao de 2012, quando 5,6 milhões de turistas internacionais vieram ao país. Portanto, estes turistas serão consumidores potenciais da carne bovina brasileira em território nacional e nos seus países de origem, já que a carne brasileira é exportada para mais de 135 países.
    • Projeções para o mercado interno de carne bovina: Segundo o Ministério da Agricultura, estima-se que daqui a 10 anos o consumo brasileiro de carne bovina será de 9,4 milhões de toneladas, o que representaria um aumento de aproximadamente 25% no período (BRASIL, 2012).
    • Carnes especiais: A produção e comercialização de carnes especiais, aquelas de alta qualidade e valor agregado é tendência de crescimento no Brasil. Os eventos esportivos que se aproximam podem consolidar ainda mais este segmento.

    Clientes:
    • Fornecimento ao setor gastronômico: Frigoríficos, redes de supermercados, casas ou butiques de carnes e restaurantes, tanto nas cidades que vão sediar os megaeventos esportivos quanto aquelas localizadas em cidades de interesse turístico.
    • Exportação: O Brasil foi o maior exportador de carne bovina entre os anos de 2003 e 2010 e atualmente disputa a primeira colocação com países como Índia, Austrália e Estados Unidos (USDA, 2013). Em 2011 a participação brasileira foi de 16% nas exportações globais de carne bovina e, segundo o Ministério da Agricultura, as exportações de carne bovina devem crescer em uma taxa média anual de 2,1% até o ano de 2022 (BRASIL, 2012). Os principais mercados importadores da carne bovina são: Rússia, Hong Kong, Oriente Médio, norte da África e União Europeia.

    Produtos e Serviços Demandados:
    • Carne bovina: durante e após os megaeventos esportivos ocorrerá aumento na demanda de carne bovina por parte de diversos elos da cadeia, como frigoríficos, supermercados e restaurantes, o que sustentará o aumento da produção de bovinos para corte.
    • Couro: Além do incremento no consumo de carne bovina, as demandas por produtos de vestuário, feitos a partir do couro bovino, poderão aumentar, fazendo com que outros elos da cadeia produtiva se beneficiem dos eventos esportivos que virão.
    • Outras demandas: A bovinocultura de corte é uma atividade que apresenta grande demanda por produtos e serviços ao longo de sua cadeia produtiva. Dentre estes, destacam-se insumos como fertilizantes, alimentos para animais, sêmen, entre outros. Empresas de consultoria podem também ser demandas para aumentar o nível tecnológico adotado nas diferentes propriedades.
    Concorrência:
    • Principais concorrentes: A concorrência da carne bovina no Brasil ocorre internamente, sendo as carnes de frango, suína e de peixes as principais concorrentes. No plano internacional, a carne bovina sofre concorrência com as outras carnes, além de disputar mercados com outros países exportadores da própria carne bovina. Todavia, devido à elevação dos preços dos grãos e sua perspectiva de manutenção em patamares elevados durante a próxima década e à queda no tamanho dos rebanhos de outros países exportadores, o cenário para a produção de carne bovina pelo Brasil é favorável.
    Dica do Especialista:
    “Utilize as tecnologias disponíveis no mercado para obter índices de produtividade adequados. Isto refletirá em aumento da lucratividade de sua atividade. O mercado de carnes especiais e de alta qualidade está em franca expansão no mercado brasileiro e aqueles produtores que souberem aproveitar esta oportunidade terão benefícios no futuro.” – Prof. Dr. Márcio Machado Ladeira (Universidade Federal de Lavras).
  • 4 - DIVULGAÇÃO
  • 5 - MERCADO
  • 6 - CANAIS DE COMERCIALIZAÇÃO
  • 7 - ESTRUTURA
  • 8 - LOCALIZAÇÃO
  • 9 - EQUIPAMENTOS
  • 10 - TECNOLOGIA
  • 11 - PESSOAL
  • 12 - CUSTOS
  • 13 - CAPITAL DE GIRO
  • 14 - FONTES DE RECURSOS
  • 15 - PLANEJAMENTO FINANCEIRO
  • 16 - DICA DO ESPECIALISTA
  • 17 - LEGISLAÇÃO GERAL E ESPECÍFICA
  • 18 - SOLUÇÕES SEBRAE
  • 19 - FEIRAS E EVENTOS
  • 20 - SITES ÚTEIS
  • 21 - Glossário
  • 22 - Bibliografia Complementar
  • 23 - Anexo - Requisitos de Contratação do Segmento
  • 24 - Expediente

Mais populares

COMPARTILHE

E receba em seu e-mail informações atualizadas sobre o Brasil e a Copa em 2014.